sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

amo-te como nunca amei ninguém.

quando se ama como nunca amou ninguém,
é porque, de fato, não irá. 

nunca ninguém será amado do mesmo jeito.
Então, façamos como Vinícius e
digamos:

"Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure."


novo par de olhos.

Ontem eu acordei com o primeiro sonho do ano realizado. Troquei o velho par de óculos por um novo par de olhos. Sempre aprendi com a saudosa professora Tany que temos sempre que mudar o par do óculos, mas dessa vez eu quis mais e que meus novos olhos enxerguem além do que eu realmente precise ver. Olhar a alma será mais fácil agora, talvez eu não me engane mais.

Liala L.

último romântico.

é fácil ser romântico sendo dono de floricultura, sendo bonito, galante e percebendo que o amor acabou e não sendo sincero.
é fácil ser romântico nos dias de hoje, onde um sorriso e um agrado se tornam romantismo.
é fácil ser romântico com dinheiro no bolso e cheio de amor próprio.

Quero ver ser romântico ao lado de uma mulher como eu.
Com dia bom, dia ruim e você só olhar os dias ruins.

Mas sabe de quem é a culpa? Minha!
única e exclusivamente minha. Que fui cega!
como não pude ver que não havia mais amor, embora ele fizesse de tudo para parecer. Para fingir.
mas não havia.
era mentira.
ilusão.
tolice de minha parte.
e assim se foram dias, meses, anos.
Até eu terminar aqui.

com o falso dito último romântico. Que de romântico não tinha nada.
Só tinha ele mesmo.